Aceda à área de sócios

Aprenda a melhorar os seus níveis de colesterol.

Controle o seu colesterol com a prática de exercício físico.

  • 8
  • AGO

Descubra a importância do colesterol “bom”.

Escolha a atividade de que mais gosta e desfrute de uma vida plena e saudável.

*O exercício melhora os níveis de colesterol

Os benefícios de fazer atividade física para o nosso corpo são sobejamente conhecidos: ajuda-nos a manter o nosso peso ideal, controlar a tensão arterial, o stress e influencia os níveis de colesterol no sangue, facto que vários estudos analisaram e sobre o qual nos vamos centrar.

O exercício é um dos pilares fundamentais de um estilo de vida saudável. Juntamente com uma alimentação equilibrada, o descanso e as relações sociais, a atividade física não pode ser descurada em nenhuma etapa da vida, pois oferece importantes benefícios para a saúde cardiovascular. Um deles é a subida dos níveis de colesterol HLD, mais conhecido como 'colesterol bom'.

*A ciência diz-nos…

Uma metanálise publicada em 2007 em Archives of Internal Medicine, dirigida por investigadores da Universidade Ochanomizu de Tóquio (Japão), reviu 25 trabalhos que analisavam a relação entre o colesterol e o exercício. Nessa metanálise recolhiam-se os dados de mais de 1400 pacientes de entre 23 e 75 anos. Os resultados mostraram que os pacientes que tinham praticado exercício apresentavam uma subida média dos níveis de colesterol 'bom' de 2,53 mm/dL. Segundo os seus investigadores, o exercício era mais benéfico nos indivíduos que tinham níveis totais de colesterol mais altos (igual ou superior a 220 mm/dL) e nos que tinham um índice de massa corporal inferior a 28 (próximo da obesidade).

Em 2008, a Universidade de Jaén tornou públicos os resultados de uma tese realizada por Mari Carmen Jiménez, professora de Enfermaria da Universidade, e que concluía que a prática de exercício diminuía o colesterol LDL ou 'mau'. No estudo de Jiménez, 40 mulheres com mais de 60 anos com colesterol elevado praticaram exercício físico regrado duas vezes por semana durante sete meses.

 

 

*Toca a mexer!

Tendo em conta o que nos mostra a ciência sobre o benefício cardiovascular, não devemos descuidar que uma pessoa saudável e sem contraindicações médicas se mexa. Segundo a OMS, os adultos de 18 a 64 anos deveriam dedicar, no mínimo, 150 minutos semanais à prática de atividade física aeróbica, de intensidade moderada, ou 75 minutos de atividade física aeróbica vigorosa semanalmente, ou uma combinação equivalente de atividades moderadas e vigorosas.

 

Escolha a atividade mais motivante para si, partilhe-a com as pessoas que quiser e desfrute de uma vida saudável!

Publicado por:
  • desporto
  • movimento
  • Treinamento
Relacionadas

Error