Aceda à área de sócios

Proteja-se de sofrer um acidente coronário.

As doenças relacionadas com o sistema circulatório são uma das principais causas de morte em países desenvolvidos.

  • 6
  • SET

O exercício físico regrado é o seu aliado contra as doenças cardiovasculares

Inclua hábitos de vida saudáveis para diminuir o risco de padecer de uma doença cardiovascular

As doenças cardiovasculares ou as doenças arteriais coronárias constituem a principal causa de morte na população ocidental segundo a American Heart Association. Em Espanha, segundo os dados de Defunções e Causa de Morte difundidos pelo Instituto Nacional de Estatística, as doenças do sistema circulatório foram a primeira causa de morte durante 2017.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que um dos segredos para poder reduzir estes números reside em inculcar hábitos saudáveis desde as instituições estatais a nível global e aumentando a oferta desportiva e de centros desportivos a nível local. Por este motivo, é importante saber quais são os fatores que aumentam o risco de padecer de uma doença cardiovascular com a finalidade de atuar sobre alguns deles (não podemos fazê-lo sobre a idade ou os antecedentes familiares) para reduzir a mortalidade derivada deste tipo de patologias.

De um modo geral, podemos reduzir a lista de fatores de risco cardiovascular aos seguintes:

  • Sedentarismo
  • Hipertensão
  • Colesterol
  • Diabetes
  • Tabaquismo
  • Idade 
  • Antecedentes familiares

Não há dúvida de que fazer exercício físico regularmente e perder peso têm uma relação muito estreita com a redução do risco de padecer de uma doença cardiovascular. Segundo um estudo recente (Rosenkilde e col, 2018), tanto a alimentação como o exercício podem estar associados a uma diminuição do peso corporal (gordura corporal), mas o exercício provoca ainda uma mudança muito favorável nos perfis de risco cardiometabólico (colesterol).

Por outro lado, a OMS recomenda que os adultos de 18 a 64 anos dediquem um mínimo de 150 minutos por semana à prática de atividade física aeróbica de intensidade moderada, 75 minutos se for de intensidade vigorosa ou uma combinação equivalente de ambas. Alguns estudos realizados nos últimos anos afirmam que qualquer forma de atividade física diminui o risco de mortalidade. Mas um deles (Kikuchi e col, 2017) admite que os sujeitos que incluíam atividade física vigorosa no seu treino tinham menor risco de morte por qualquer causa, principalmente os homens.

Através do treino de força, também podemos diminuir o risco de padecer de uma doença cardiovascular. Recentemente foram publicados os resultados de um estudo (Liu e Col, 2018) no qual se concluiu que o treino de força (1-3 sessões semanais de menos de 1 hora de duração) pode provocar uma redução, de entre 40 e 70%, do risco de sofrer de um problema cardiovascular, sem ter em conta se os sujeitos realizavam exercício aeróbico ou não.

Como conclusão, podemos afirmar que o segredo para reduzir o risco de sofrer de um acidente coronário é causar impacto nos fatores de risco cardiovascular através de:

  • uma alimentação adequada e equilibrada
  • a prática regular de atividade física (aeróbica de intensidade moderada/vigorosa e treino de força) 
  • a aquisição de hábitos de vida saudáveis

 

Quer viver mais e melhor? Consiga-o com o GO fit!

Publicado por:
  • Atividades
  • GO fit LAB
Relacionadas

Error