Aceda à área de sócios
Escolher centro GO fit

Descubra os alimentos mais novos e saudáveis da estação

Bimi, bulgur, pitaia… Renove o seu frigorífico com estes alimentos tão saudáveis!

  • 11
  • FEV

10 alimentos para estar atualizado em comida saudável.

As frutas, as verduras ou os cereais com que estreará a estação.

De certeza que, hoje em dia, não vai às compras como fazia antes. Agora, temos a sorte de poder desfrutar de produtos cada vez mais novos e exóticos, com propriedades benéficas incríveis para o nosso organismo.

 

Desta vez, para fugir da monotonia alimentar e ainda fazê-lo de forma saudável, trazemos-lhe uma lista de alimentos não tão comuns que possuem interessantes propriedades nutricionais e que lhe permitirão renovar o seu frigorífico.

 

  1. Bimi

O Bimi ou Broccolini é uma verdura que faz parte da família das crucíferas, a mesma família do brócolo, da couve-flor ou das couves de Bruxelas. É mais pequeno e fino que o brócolo, mas tem a mesma cor e forma da flor.

A sua composição nutricional destaca-se pelo seu elevado teor em fibra, vitaminas do grupo B, cálcio, magnésio, ferro, magnésio, zinco. Contém ainda uma grande quantidade de compostos bioativos que podem oferecer propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes.

 

  1. Folhas de dente-de-leão

As folhas desta planta podem ser ingeridas cruas, fazendo parte de saladas ou cozidas e incluídas em infusões. Esta planta é usada desde a antiguidade com fins medicinais, para tratar problemas digestivos e hepáticos.

É fonte de vitaminas e minerais como potássio, magnésio e cálcio. Possui inulina, um tipo de fibra benéfico para a flora intestinal. As suas vantagens nutricionais também se devem à grande variedade de antioxidantes que possui.
 

  1. Alfarroba

É o fruto da Alfarrobeira, originária da Ásia e atualmente presente em todo o mundo. Usa-se como substituto do cacau, devido à sua cor e aroma semelhantes. Por outro lado, é mais baixa em gordura. Possui um sabor doce, devido ao seu importante teor em hidratos de carbono. Outro dos nutrientes que possui são os taninos, moléculas antioxidantes.

Podemos encontrá-la em forma de farinha, como creme ou fazendo parte de sobremesas em substituição do chocolate.

Se não sabia, a alfarroba é um legume, daí também o seu teor em fibra.

 

  1. Bulgur

O bulgur é um derivado do trigo, obtém-se a partir da cozedura rápida de grãos de trigo, os quais secam-se e esmagam-se. Também existe bulgur procedente de outras variedades como a espelta. A forma de se preparar é igual a outros cereais como o arroz ou cuscus. Pode inclui-lo em pratos como tabulé de verduras, como acompanhamento de salteados e em saladas.

O seu principal componente são os hidratos de carbono. Além disso, constitui uma boa fonte de fibra, 18 g por 100 g e de proteína, 12 g por 100 g de produto. Possui vitaminas do grupo B, E, potássio e zinco.

 

      5) Kombucha

Os ingredientes necessários para preparar esta bebida são o chá preto ou verde, um pouco de açúcar e um cultivo específico de bactérias e leveduras que fermentará e terá como resultado o produto acabado. Durante a fermentação, o chá Kombucha ganha o seu característico sabor doce e ácido, com um toque amargo. É uma bebida probiótica, que pode contribuir para o bom estado da nossa flora intestinal ou microbioma.

 

  1. Rebentos de bambu

Existem rebentos comestíveis de bambu, que pode encontrar no supermercado em conserva. Este alimento dá-nos fibra, que regula o trânsito intestinal e aumenta o efeito saciante após a sua ingestão. Como outras hortaliças, tem um elevado teor em potássio. Pode surpreender incluindo estes rebentos numa salada.

 

  1. Pitaia

A Pitaia ou fruta do dragão é uma fruta originária da América Central. Tem uma aparência muito apelativa, rosa ou amarela por fora, e de polpa branca ou rosa com manchas pretas no interior. Como outras frutas, contém um valor calórico muito baixo e um elevado teor em vitamina C e água.

 

  1. Óleo de chia

É um dos óleos naturais com mais concentração de ómega 3, 6 e 9 na sua composição. Oferece propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e benefícios a nível cardiovascular. Pode inclui-lo na sua alimentação consumindo as sementes inteiras, previamente hidratadas, ou como complemento nutricional na sua forma de óleo isolado.

 

  1. Kimchi

O Kimchi é um alimento fermentado procedente da Coreia. É feito com uma base de couve-da-china desidratada com sal e acompanhada de outras verduras cruas, temperadas com alho, gengibre, molho de peixe e chili coreano. O resultado é um fermentado picante e crocante, que lembra, de certa forma, os picles. Além disso, é baixo em calorias e uma fonte de probióticos.

Ingere-se em sopas, saladas ou como acompanhamento de outros pratos.

 

  1. Laranja vermelha

É uma variedade de laranja que se caracteriza por ter a polpa de uma cor vermelha vinho. É um pouco mais pequena do que outras variedades. A sua cor deve-se à presença de antocianinas, um tipo de pigmento vegetal.

Tem um teor um pouco maior do que a laranja convencional em vitamina C e betacarotenos. A vitamina C é um dos antioxidantes mais conhecidos, que intervém em muitas funções no organismo, como na melhor absorção de outros micronutrientes, saúde osteoarticular e reforço do sistema imunológico.

Da próxima vez que for às compras, lembre-se destes alimentos e dê uma volta aos seus pratos, verá como se surpreenderá com os benefícios de renovar a sua rotina!

Publicado por:
  • Comer Bem
  • Nutrição
Relacionadas

Error

COOKIES

Utilizamos cookies próprios e de terceiros para analisar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada a suas preferências com base em um perfil baseado em seus hábitos navegação (por exemplo, páginas visitadas). Mais informação

ACEITAR COOKIES REJEITAR COOKIES