Aceda à área de sócios
Escolher centro GO fit

Descubra os super-alimentos na ponta dos seus dedos

Experimente introduzir estes super-alimentos nos seus pratos

  • 6
  • NOV

Goji bagas, açaí, descubra-as!

Renove o seu frigorífico com estes super-alimentos.

Existem diversos alimentos, os quais são denominados frequentemente de superalimentos, que são consumidos desde há centenas de anos, na expectativa de benefícios específicos. No entanto, o seu consumo nem sempre é seguro e a quantidade consumida pode ser importante. Deixamos-lhe de seguida alguns exemplos deste denominados “Superalimentos”:

 

Bagas Goji

  • Pequenas bagas vermelhas consumidas por exemplo em saladas, batidos, iogurtes e granolas;
  • Alguns dos possiveis benefícios do consumo das bagas goji incluem propriedades antioxidantes, anti-tumorais, neuroprotectoras, anti-diabetes e anti-fadiga, no entanto, são necessários mais estudos para comprovar os seus benefícios;
  • É recomendado o consumo máximo de 45g por dia, no entanto, deve-se evitar o consumo em indivíduos que sejam alérgicos ao pêssego, nozes ou tomate; que tomem medicamentos anticoagulantes e/ou medicamente modificados pelo fígado; e grávidas ou a amamentar (por provocar risco de aborto). Para além disso, o consumo de bagas goji pode ainda diminuir a pressão arterial e a glicémia.

Açaí

  • Pequenas bagas de cor roxo escuro, sendo que em Portugal normalmente é vendido sob a forma de creme gelado de polpa de açaí com xarope de guaraná;
  • Ricos em antioxidantes e ácidos gordos insaturados, alguns dos possiveis benefícios do consumo de açaí incluem diminuição da glicémia e do colesterol total, no entanto, são necessários mais estudos para comprovar os seus benefícios.

Sementes de chia

  • Pequenas sementes ovais pretas, brancas ou acinzentadas, que em contacto com a água, expandem e formam um gel, e podem ser consumidas por exemplo em saladas, batidos, pudins, papas e iogurtes;
  • Ricas em ácidos gordos polinsaturados n-3, proteínas, fibra, vitaminas e minerais, alguns dos possiveis benefícios do seu consumo incluem aumento da saciedade; regulação do transito intestinal; prevenção da obstipação; prevenção das doenças cardiovasculares; aumento da capacidade cognitiva; diminuição da glicémia e dos triglicéridos. No entanto, são também necessários mais estudos para comprovar os seus benefícios;
  • Para além disso, é recomendado o consumo máximo de 48g por dia, e deve ser evitado o seu consumo em indivíduos com síndrome do intestino irritável e que tomem medicamentos anticoagulantes. Por fim, em indivíduos com disfagia, hidratar sempre as sementes de chia antes do seu consumo de modo a evitar asfixia.

 

Deste modo, não se esqueça:

  • Investigue em fontes fidedignas as informações sobre o produto antes de o comprar e informe-se com o seu profissional de saúde;
  • Evite produtos naturais que afirmem ser “curas milagrosas” ou que afirmem só ter benefícios e sem contraindicações;
  • Evite misturar várias bagas e sementes, pois quantos mais ingredientes, maior o risco de efeito secundários;
  • Durante a gravidez, a amamentação e em crianças informe-se sempre com o seu profissional de saúde sobre o consumo de bagas e sementes;
  • Não ultrapasse a dose diária recomendada para cada produto.
Publicado por:

Error

COOKIES

Utilizamos cookies próprios e de terceiros para analisar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada a suas preferências com base em um perfil baseado em seus hábitos navegação (por exemplo, páginas visitadas). Mais informação

Selecione seus cookies

ACEITAR COOKIES CONFIGURAÇÃO