Aceda à área de sócios
Escolher centro GO fit

Tudo o que precisa de saber sobre a dieta vegetariana

Descubra tudo o que está envolvido na adopção deste tipo de alimentos

  • 18
  • NOV

Lembre-se, uma dieta vegetariana não significa mais saúde em si mesma.

Um bom planeamento pode ajudá-lo a tornar este tipo de alimentação benéfica para si, e especialmente para o seu ambiente.

Nos últimos anos tem aumentado o número de indivíduos vegetarianos, devido a razões que passam pela saúde até à protecção do ambiente e o bem-estar animal. Também a evidência científica a favor da presença de produtos de origem vegetal na nossa alimentação tem aumentado nos últimos anos. Na verdade, o consumo elevado de produtos de origem vegetal está associado a um menor risco de desenvolvimento de doenças crónicas como obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares e cancros.

 

Na base da dieta vegetariana estão os hortícolas, fruta, cereais, leguminosas, frutos secos gordos e sementes. Esta dieta pode ser exclusivamente baseada em produtos de origem vegetal – Vegano, ou pode incluir ovos e lacticínios – Ovolactovegetariano.

 

Uma dieta vegetariana bem planeada pode ser tão saudável quanto uma dieta que inclui peixe e carne. No entanto, é verdade que requer conhecimento e rigor científico para garantir um aporte adequado dos diversos nutrientes, nomeadamente proteína, ácidos gordos polinsaturados n-3 (omega 3), ferro, cálcio, e vitamina B12.

 

Para além disso, é essencial que esta dieta seja adaptada e planeada às diferentes fases do ciclo de vida (infância, adolescência, gravidez, lactação, idosos), bem como a desportistas e a patologias específicas.

 

É importante também referir que é possível adoptar uma dieta vegetariana recorrendo de forma mínima a suplementos alimentares. Contudo, numa dieta vegana não existem fontes alimentares de vitamina B12, uma vez que esta vitamina só se encontra presente em produtos de origem animal, deste modo deve ser obtida por alimentos fortificados ou suplementos alimentares. Todos os restantes nutrientes podem ser obtidos através dos produtos naturais. É importante que seja preferido o consumo de alimentos naturais e evitado alimentos processados, pois embora sejam adequados para dietas vegetarianas podem conter grandes quantidades de açúcares, farinhas refinadas e gorduras de má qualidade.

 

 

No entanto, devemos ter cuidado com a informação que encontramos na internet já que pode ter interesses puramente comerciais, pode não ter qualquer rigor científico, podendo ainda colocar em causa o estado nutricional e a saúde dos indivíduos que procuram informações sobre alimentação vegetariana.

 

A alimentação vegetariana deve ser variada, devem ser privilegiados alimentos locais e sazonais, recorrendo a produtos da tradição alimentar portuguesa e devem ser excluídos produtos alimentares excessivamente processados.

 

Por último, uma dieta vegetariana não implica à partida, mais saúde. Uma dieta vegetariana se mal planeada pode ser acompanhada de carências nutricionais, para além de que se for rica em produtos processados, ricos em gorduras, açúcares e sal, irá aumentar o risco de doenças crónicas, como diabetes e doenças cardiovasculares. Por outro lado, uma dieta vegetariana bem planeada poderá ser benéfica para a saúde, nomeadamente na prevenção de várias doenças crónicas. Deste modo, se estiver interessado em adoptar uma dieta vegetariana consulte um nutricionista que o possa acompanhar neste processo!

Publicado por:

Error

COOKIES

Utilizamos cookies próprios e de terceiros para analisar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada a suas preferências com base em um perfil baseado em seus hábitos navegação (por exemplo, páginas visitadas). Mais informação

Selecione seus cookies

ACEITAR COOKIES CONFIGURAÇÃO