6 Maio, 2022

O que é o Plogging?

No desporto, estamos constantemente a aprender novos conceitos. Além disso, as práticas cada vez mais relacionadas com os cuidados ambientais, a ecologia e colaboração para a camada de ozono tendem a ser mais sustentáveis. O plogging, dentro de tudo o que poderíamos nomear, hoje, é o nosso protagonista.

Desenvolvido na Suécia há poucos anos, é um movimento com o qual recolhemos o lixo da rua e do campo, uma atividade que também envolve a prática de atividade física.

Quais são os benefícios de praticar plogging?

Praticado por mais de 20 000 pessoas por dia em diferentes partes do mundo, o plogging tem mostrado o melhor de muitos amantes do exercício. Quando vamos correr ou fazemos ioga na praia, encontramos frequentemente lixo, restos de comida e até papéis deixados por outros cidadãos.

Sem abandonar a sua atividade física e a rotina de movimento que definimos para a semana, podemos parar para apanhar o lixo e manter as ruas, praias e outras áreas sem lixo. Este movimento, que está a obter muito bons resultados, tem benefícios que não devem ser ignorados:

  • Aumenta a nossa auto-estima

É o tipo de pessoa que se sente bem a fazer coisas pelos outros? Se a resposta for Sim, o simples ato de apanhar o lixo enquanto exercita o seu corpo será como uma dupla aventura para si. Sabendo que ajudará o cidadão e o local onde vive, irá, sem dúvida, sentir-se muito mais realizado.

  • Melhora o rendimento

Embora tenhamos um desempenho eficaz sobre o nosso corpo quando fazemos exercício, quando o misturamos com outras atividades de cooperação, estamos a aumentar a energia que temos e até nos sentiremos muito mais comprometidos com a causa. Atreve-se a dar uma oportunidade a si próprio?

  • Fortalece os ossos

Com o plogging, ficou provado que favorece o aumento da densidade óssea e reduz o risco de doenças relacionadas com o desgaste dos ossos. Assim, a osteoporose ou a osteoartrose são doenças que poderemos evitar. Não se deixe dormir e comece aquelas caminhadas que lhe fazem tão bem!

  • Positivo para o coração!

O nosso coração também beneficiará com esta prática. Ao reduzir o risco de problemas cardíacos, aumentar a capacidade pulmonar e melhorar a digestão, este é um exercício muito completo que é bom para a felicidade do motor do corpo.

De que precisamos para fazer plogging?

Agora que conhecemos todos os benefícios do plogging e o quanto pode ajudar a nossa saúde, teremos em conta a forma como se pratica. De que precisamos para começar?

De uma forma simples e muito económica, não só estaremos a dar ao corpo a energia que ele merece, mas também a cuidar do ecossistema.

compromisso com o meio ambiente e a motivação para deixar um mundo melhor para as novas gerações é a base daquilo que precisamos, mas, se nos questionarmos sobre as ferramentas, bastará um saco de plástico e umas luvas para a recolha massiva de lixo enquanto corremos.

Recomenda-se, em todos os casos, a utilização de roupa desportiva porque é o que nos dá mais conforto para fazer os movimentos e o que nos permitirá uma melhor agilidade para as execuções. Para os desportos aquáticos, a ideia é levar um saco ou uma rede para poder filtrar a água, caso contrário, a manobra será impossível.

Resumindo, o plogging é uma ideia fantástica para ajudar o meio ambiente em que vivemos, melhorar o local onde vivemos, muito mais habitável e pelo qual vale a pena lutar todos os dias. Ao apostar no desenvolvimento sustentável em todos os sentidos, esta prática tem tido um acolhimento muito maior do que se pensava inicialmente.

Em Espanha, até quatro milhões de pessoas fazem caminhadas regularmente e 33% da população corre mais de três dias por semana. Isto, traduzido na atividade de que temos estado a falar, representa uma oxigenação importante do planeta, pois se só metade levasse isto a sério, a mudança seria mais do que notável.

Não pense duas vezes! Se já há algum tempo que tem ouvido falar do plogging, mas não sabia exatamente o que era, talvez seja altura de mudar a sua rotina de treino e fazer um pouco mais por este planeta em que vivemos. Gostaria de experimentar?