10 Novembro, 2021

Alcance os seus objetivos de força com um treino com cargas e alta velocidade

Treino com cargas altas e alta velocidade, porquê e para quê

Tudo o que precisa de saber acerca do treino de força-potência.

Atualmente, vê-se cada vez mais pessoas que treinam nas salas fitness, box de crosstraining, etc.. com cargas elevadas, e, hoje, queremos dar-lhe informação para que possa decidir se este tipo de treino se adapta aos seus objetivos ou não.

O treino de força-potência desde há muitos anos tem-se baseado na capacidade de mobilizar grandes cargas, e mobilizá-las a uma velocidade máxima. E este conceito, de treinar rápido e pesado, está-se a generalizar no setor desportivo fora do alto rendimento e, evidentemente, nas salas fitness.

A força é a qualidade física fundamental que devemos treinar e priorizar, seja qual for o nosso objetivo (fitness, estético, rendimento ou saúde), sem força, não há movimento, e se não há movimento, não somos nada.

Como deve saber, na nossa musculatura, temos três tipos de fibras que, entre outras coisas, se excitam mais ou menos consoante a carga e a velocidade a que movemos a mesma. Por isso, se queremos trabalhar as mais rápidas, é fundamental trabalhar com uma carga relativamente alta e uma velocidade alta; não só para treinar a musculatura, mas todo o sistema nervoso envolvido.

Atualmente, poderá diferenciar a força e as suas manifestações em três categorias:

–              Max Strength (Máxima força), o que normalmente chamamos “força máxima”.

–              Speed Strength (Velocidade-Força), o que normalmente chamamos “força explosiva”.

–              Max Velocity (Máxima velocidade), que combina com os sprints e a pliometria.

Como vê, tanto o conceito de carga como velocidade devem estar presentes no seu treino se quiser chegar à sua melhor versão tanto a nível estético como de forma física.

Está na hora de treinar!

Para começar, propomos-lhe um treino para se familiarizar com o trabalho com estes conceitos, prepare as suas pernas:

4 séries de:

Back Squat x 3 reps (7 em 10) – descanse 30”

Dead Lift x 3 reps (4 em 10) – descanse 30”

Box Jump x 4 reps (máxima velocidade) – descanse 2 minutos

Em suma, o treino com cargas altas e alta velocidade tem múltiplos benefícios tanto a nível estrutural como nervoso; mas deve ser um treino onde reine a PROGRESSÃO e onde os descansos sejam igualmente importantes que os treinos.

Artigos relacionados