15 Junho, 2022

A importância do autocuidado para a nossa auto-estima

Descubra os benefícios do autocuidado

Uma saúde ótima e um bem-estar físico e psicológico estável começam por saber cuidar de si próprio. O autocuidado é fundamental para todos nós. Se alcançarmos níveis adequados de autocuidado, conseguiremos um reforço da nossa auto-estima e um maior conhecimento de nós próprios. A importância do autocuidado, bem como da sua formação, é adquirida através da experiência da vida, do nosso grau de maturidade, das experiências vividas e, claro, de uma série de fatores generalistas que contribuem para melhorar a nossa saúde e o nosso bem-estar.

A gestão do autocuidado começa connosco próprios. Se não investirmos na nossa saúde e no nosso bem-estar, estaremos a construir uma barreira que é difícil de ultrapassar, pois nem sequer terá a opção de contar com a ajuda de terceiros.

Obviamente, em certos casos, quando nos decidimos avaliar a nós próprios, há sempre a colaboração de especialistas. Também não existem receitas mágicas nem roteiros generalistas no autocuidado. Cada indivíduo é diferente e isto tem um impacto na gestão do autocuidado. Há tantas formas de autocuidado como pessoas. Os hábitos que se adaptam a um indivíduo não significam que ajudarão outra pessoa, pois aspetos como a personalidade, as crenças e a situação pessoal e familiar de cada pessoa intervêm na educação para o autocuidado.

Benefícios do autocuidado

A atenção ao autocuidado é benéfica para todas as pessoas, mesmo para os indivíduos mais cautelosos. Se for este o caso, devemos estar conscientes de que o cansaço físico e mental acabará por se instalar e ter o seu impacto na nossa saúde e no nosso bem-estar, e não nos ajudará a valorizarmo-nos a nós próprios, com repercussões negativas nos seus níveis de autoestima. Alguns dos benefícios do autocuidado são:

  • Aumentar a nossa autoestima (saber valorizarmo-nos e estarmos satisfeitos connosco próprios).
  • Saber adaptarmo-nos a qualquer mudança inesperada.
  • Encontrar alternativas a certos níveis de stress e ansiedade. Pode ler o nosso artigo sobre “Exercícios para reduzir o stress” .
  • Aumentar a nossa produtividade.
  • Melhorar os níveis de felicidade.
  • Ter maiores níveis de autonomiae não depender de alguém no nosso ambiente próximo.
  • Ter uma melhor qualidade de vida.

Independentemente das circunstâncias de cada pessoa, podemos todos dedicar alguns minutos e realizar uma série de hábitos que nos ajudarão a melhorar gradualmente o nosso organismo físico e mental. Contudo, se decidir embarcar no caminho do autocuidado, deve estar ciente de que não o conseguirá numa questão de horas ou dias. Devemos ser constantes e saber adaptarmo-nos aos diferentes planos que podemos aplicar na procura de uma melhor saúde e um melhor bem-estar.

Como cuidar de nós próprios?

Antes de apresentarmos algumas ideias, tendências ou hábitos de interesse que contribuirão para elevar os níveis do nosso autocuidado, é útil realizar um exercício de reflexão connosco próprios para nos conhecermos melhor, conhecermos as nossas necessidades físicas e emocionais e, claro, propormo-nos objectivos mentais e sociais, porque as relações sociais também ajudam a atingir este clímax de bem-estar. O autocuidado está também intimamente relacionado com o fator emocional e cognitivo.

Tal como os exercícios anteriores de diálogo connosco próprios, é um exercício a longo prazo.

Hábitos de autocuidado:

  • Tempo dedicado a nós próprios: esta é uma tarefa obrigatória a conseguir, praticamente, todos os dias. Temos de dedicar algum tempo a nós próprios durante o dia. Não importa se é muito longo ou curto, mas que o momento seja de qualidade. Com as nossas classes de Mindfulness, poderá dedicar esse tempo apenas a si, a pensar nos seus propósitos e no seu estado de espírito.
  • Descansar as horas necessárias: sim, este hábito transcende para outras áreas, e é fundamental no nosso caminho para alcançarmos um autocuidado pleno. O corpo precisa das suas horas de descanso e se o fizermos, aumentará a nossa saúde e o nosso bem-estar.
  • Meditação: no GO fit, encontrará também atividades que lhe permitirão alcançar um estado de meditação, tais como o Ioga ou Zen. Estes exercícios vão ajudar-nos a libertar a mente de preocupações, a afastar o stress e a evitar episódios de ansiedade.
  • Exercício físico: a atividade física é saudável e também nos ajuda a cuidar de nós próprios. Dedicar algum tempo ao nosso desporto favorito vai ajudar-nos neste objetivo. A mente libertar-se-á das preocupações habituais. No GO fit, tem imensos programas, atividades e cursos nos quais se pode inscrever.
  • Alongamentos: o sedentarismo é tão negativo como não estimular os nossos músculos. A prática de algumas posturas de ioga será sempre benéfica.
  • Aproximar-se da natureza: um passeio pelas montanhas ou uma escapada até ao mar proporcionarão sempre a dose necessária de tranquilidade que tanto nos ajudará. A mesma leitura pode ser aplicada se ouvir música relaxante ajudar.
  • Atividades relaxantes: relacionadas com a tarefa anterior, talvez seja positivo pintar, fazer tricô, jardinagem ou qualquer outra atividade que nos convide a abstrairmo-nos das nossas preocupações habituais.

Estas são algumas recomendações, embora existam muitas outras e lembre-se que, se precisar de mais ideias ou conselhos, pode visitar o guia do autocuidado que temos no nosso blog, e claro, não se esqueça de vir ao GO fit treinar a sua felicidade.

Artigos relacionados